Um milionário destrói uma aldeia inteira...Mas não vais acreditar o que ele construiu depois


Este é um exemplo de uma pessoa que sabe bem como gastar a sua fortuna, sem desperdiçá-la.
Ele é Xiong Shuihua, nascido em Xiongkeng, uma aldeia humilde no sul da China, onde as famílias viviam em cabanas de madeira cercadas por estradas de terra e cheias de lama. Shuihua deixou a aldeia em busca de uma vida melhor, e conseguiu! E 50 anos depois, ele decidiu voltar e encontrou os vizinhos a viver na mesma miséria…
milionario_chines_transforma_aldeia_1
milionario_chines_transforma_aldeia_2
milionario_chines_transforma_aldeia_3

Quando Xiong era pequeno não tinha praticamente nada, mas teve sucesso na indústria do aço, e conseguiu tornar-se um magnata bilionário. Um dia, o empresário decidiu que era hora de fazer alguma coisa pelo povo da sua aldeia e foi a Xiongkeng com a clara intenção de mudar as coisas…
milionario_chines_transforma_aldeia_4

Como sinal de gratidão a todos aqueles que o ajudaram a crescer e que o apoiaram na sua decisão de deixar a aldeia em busca de fortuna, o bilionário fez planos para a demolir e a substituir por apartamentos de luxo gratuitamente.

milionario_chines_transforma_aldeia_5
milionario_chines_transforma_aldeia_6
Hoje, os caminhos cheios de lama desapareceram e 72 famílias vivem em apartamentos de luxo com todos os tipos de comodidades, tais como água, electricidade e aquecimento.
milionario_chines_transforma_aldeia_7
milionario_chines_transforma_aldeia_8
Este homem construiu moradias isoladas a 18 famílias com quem se sentia particularmente vinculado.
milionario_chines_transforma_aldeia_9
milionario_chines_transforma_aldeia_10

Aparentemente, a sua gratidão e generosidade não tem limites, uma vez que, como se tudo isso não bastasse, Xiong prometeu providenciar comida para todos os idosos e as famílias com rendimentos mais baixos. Para os habitantes desta pequena aldeia no sul da China, a vida acaba de dar uma volta de 180 graus!

Comentários

  1. Bacana... exemplo pra muita gente... dinheiro é só papel pintado... é esse tipo de coisa que constrói o capital que verdadeiramente importa.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário